SIRAA.org
  Documento sem título Bem-vindo(a) ao Site do SIRAA! Hoje é
Argentina, Brasil, Uruguay, Paraguay, Peru, Chile, Bolivia, Colombia, Venezuela, Ecuador, Costa Rica, Panama, Honduras, Nicaragua


SIRAA - Sistema de Identificação e Registro de Animais da América Latina

Regulamento

Qualquer veterinário, clínica, criador, Prefeituras, entidades protetoras de animais, proprietários de animais, e afins podem ser registrados no SIRAA em toda América Latina.
Os interessados devem solicitar seu cadastramento através do site, clicando no menu solicitar Cadastro e escolhendo a opcao desejada. Duvidas, envie e-mail para siraa@siraa.org que pode ser nos idiomas Ingles, Frances, Espanhol ou Portugues.

Ao solicitar o ingresso no sistema, após aprovação através de consulta nos órgãos competentes do País do solicitante, receberão Login e Senha para efetuar o acesso ao banco de dados oficial do SIRAA. Este Banco de dados é Oficial em Vários países e será obrigatório para os animais que necessitar viajar e em breve, todos os animais deverao ser identificados com Microchip. Em varios paises ja existe a obrigartoriedade.

Apos receber seu Login e Senha via e-mail, basta clicar em "Cadastrar" no menu onde sera solicitado que digite os mesmos para acesso ao sistema que eh bastente simples de usar. Nao utilize acentos ou caracteres especiais nos cadastros. Clique em Cadastrar na aba Animal para iniciar o cadastramento. O proprietario/responsavel sera cadastrado apos preencher os dados do animal. Caso o mesmo ja esteja cadastrado, nao ha necessidade de cadastra-lo novamente. O sistema ira verificar atraves do CPF ou CNPJ do proprietario/responsavel se este esta ou nao cadastrado. Caso nao esteja, sera aberto um formulario para isto. É necessário efetuar o cadastro do animal no banco de dados, como também cadastrar o proprietário/responsável.

Este sistema não tem custo, seja para veterinários, criadores, Prefeituras, entidades protetora de animais, Kenneis Clubes ou qualquer interessado.

Padrão intrernacional do Microchip, etiquetas, embalagem e formulário para cadastro: O Microchip a ser implantado nos animais deverá estar de acordo com as normas internacionais ISO11784, ISO11785, possuir tamanho de 12x2mm, comprovar possuir camada de substância ou produto antimigratório e deverá ser enviado esterilizado, embalado individualmente, acompanhado de etiquetas adesivas contendo os 15 números do microchip e um código de barras padrão Code39 também referente a numeração do Microchip, bem como o site do fabricante e poderá ser adquirido de qualquer fornecedor no Brasil. O registro deverá ser efetuado exclusivamente no banco de dados oficial ( www.SIRAA.org ).

Todos os demais Banco de Dados que encontrar nao terao nenhum valor oficial e NAO sao reconhecidos internacionalmente. Além disto, ao comprar microchip deverá ser solicitado ao fornecedor o envio das informacoes corretas e procedimentos de cadastro no Banco de dados Oficial. Importante saber que todas as empresas devem ter um banco de dados para controle, porem o unico oficial e reconhecido internacionalmente eh o do Sistema de Identificacao e Registro de Animais da America Latina - SIRAA. O formulário para cadastro, se necessario, está disponível para downloados neste site no menu formularios.

Jamais utilize Microchip, formulário e etiquetas fora do padrão internacional.

O SIRAA sugere o uso do Microchip Partners (www.microchip-partners.com) pois é oficial em vários países e usado na Europa onde o uso de Microchip é obrigatório em vários casos. O Microchip Partners para uso em animais foi testado e aprovado por vários órgãos de pesquisas no mundo inteiro e adotado como oficial em vários casos. Outra opcao eh o Microchip da AnimalChip (www.animalchip.com)

Fica claro que, apesar de sugerirmos o uso do Microchip Partners, os proprietários dos animais são livres para adiquirirem e cadastrarem Microchip de qualquer outra empresa fornecedora do produto, desde que atentem para que estejam rigorosamente dentro das normas internacionais e padrões estabelecidos.


Respostas a alguns possíveis questionamentos:

1) O que é transponder (Microchip)? Como ele é? Quais suas características principais?
R: Conhecido popularmente como Microchip, é um micro-circuito eletrônico constituído de um código exclusivo e inalterável, encapsulado em biovidro cirúrgico e, no caso do Microchip Partners, revestido de substância biocompatível antimigratória para uso em animais.

2) Por que adotar microchip para identificação dos animais?
R: O microchip é um método de identificação seguro, inviolável e permanente que garante a identificação do animal, além de facilitar o trabalho do criador evitando confusões entre ninhadas, facilitar a vida do veterinário podendo ter acesso aos dados do animal na internet, facilitar o resgate do cão caso ele se perca ou seja roubado entre outras centenas de vantagens. O microchip serve como um atestado de que um determinado cão seja mesmo o cão em questão. Em vários Países é obrigatório o uso deste método para identificar todos os animais de estimação/companhia, inclusive cavalos. É uma tendência natural que só traz benefícios ao segmento e à população em geral. É obrigatório em vários países.

3) Por que a Tecnologia Microchip Partners foi adotada como oficial em vários Paises?
Dentre várias empresas do segmento que atuam no mercado mundial, a PARTNERS é a que oferece a solução adequada às necessidades de cada País ou entidade. Além disto, disponibiliza Microchip de alta tecnologia totalmente dentro das normas internacionais e com produto antimigratório comprovado.

4) Qual é a durabilidade do microchip?
R: O microchip não possui bateria e fica inativo a maior parte do tempo, sendo energizado apenas quando recebe um sinal enviado pela leitora. Após a aplicação, permanece com o animal por toda sua vida. Fornece seu número exclusivo toda vez que for "scaneado" pela leitora, enviando seu código que é mostrado no visor desta, sendo possível o envio da informação para um computador. Como o microchip não contém bateria, não há nada para se desgastar. Sua durabilidade é o tempo em que o biovidro demora em se decompor, ou seja, mais de 100 anos.

5) Por que usar somente microchip e leitoras dentro das normas internacionais ISO11784 e ISO11785?
R: Estas normas internacionais foram desenvolvidas para regulamentar o uso de microchip em animais, determinando o tipo, controlando a numeração exclusiva do microchip e para possibilitar que o animal seja identificado em qualquer lugar do mundo através da leitura do microchip por qualquer leitora dentro das normas.

6) Quem poderá fazer a aplicação do Microchip?
R: A aplicação do microchip deve ser feita por Médico Veterinário devidamente credenciado pelo SIRAA ou profissional competente, dependendo das normas de cada pais.

7) A aplicação de microchip fere o animal?
R: Embora a agulha do aplicador de microchip tenha o diâmetro um pouco maior do que uma agulha de aplicador de vacina, os animais reagem da MESMA maneira, sendo o procedimento indolor. O microchip é completamente biocompatível e inofensivo à saúde do animal.

8) É possível que o animal seja alérgico ao microchip?
R: O microchip é inerte, liso e biocompativel. Não há virtualmente nenhuma possibilidade de desenvolver processo alérgico ou de rejeição do microchip após corretamente injetado no animal.

9) O Microchip pode mover-se dentro do corpo do animal?
R: Quando implantado corretamente e se utilizado microchip com produto de camada antimigratória, uma pequena camada de tecido conexivo se forma em torno do microchip, impedindo a migração do mesmo.

10) Qual é a melhor idade para aplicar o microchip em cães?
R: A aplicação pode ser feita já no 10º dia de vida, mas em regra geral, no caso de caes e gatos, por exemplo, é aplicado juntamente com a vacina Múltipla.

11) É possível cadastrar no banco de dados SIRAA, oficial da América latina, animais que já possuem microchip? É permitida a entrada no sistema de animais que nasceram antes da data da obrigatoriedade?
R: Sim. Não só é permitido como é recomendado. Qualquer animal com registro oficial pode entrar no cadastro e ser identificado com microchip.

12) Onde é possível encontrar mais informações sobre a tecnologia?
R: Em vários sites na internet é possível encontrar informações interessantes sobre a tecnologia e seu uso no Brasil e no mundo. Basta entrar em algum site de busca e procurar por “microchip animal”, por exemplo. Também é possível sanar dúvidas, tanto em relação à tecnologia como da obrigatoriedade em cães no Brasil visitando o site do Clube Criador Amigo (www.criadoramigo.com.br), da AnimalChip (www.animalchip.com) ou da Microchip Partners (www.microchip-partners.com), onde inclusive há vários arquivos bastante interessantes para downloads.

Demais duvidas podem ser sanadas atraves do e-mail siraa@siraa.org

 

Contacto en América Latina.
siraa@siraa.org

  ©WebSite recognized in Europe and Official in several Countries of Latin America.
Visitas desde 19/02/2005: